Conecte-se conosco

Amazonas

AM: secretário de Segurança é agredido em manifestação por falta de energia

Um vídeo, publicado pelo site Portal Único, mostra o secretário tentando conversar com alguns manifestantes, quando passa a ser agredido e é obrigado a se afastar.

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, o coronel da Polícia Militar (PM) Louismar Bonates, que chegou sozinho ao local, foi agredido, neste domingo, por manifestantes, que lhe empurraram e jogaram um pneu contra ele, numa manifestação que parou o trânsito na Estrada Manoel Urbano (Manaus-Iranduba-Manacapuru-Novo Airão). Após dois dias sem energia, moradores dos municípios, na Região Metropolitana de Manaus, atearam fogo em pneus e fecharam o trânsito na rodovia.

Um vídeo, publicado pelo site Portal Único, mostra o secretário tentando conversar com alguns manifestantes, quando passa a ser agredido e é obrigado a se afastar. A Secretaria de Segurança e o governo do Estado não se manifestaram sobre o incidente.

No local da manifestação os veículos foram impedidos de passar, causando um grande engarrafamento e forçando que muitos motoristas que tentavam passar voltassem para Manaus, por falta de alternativa. A Polícia Militar foi acionada para o local. Os manifestantes atearam fogo em pneus no meio da estrada.

A Amazonas Energia informou que houve rompimento de cabos subaquáticos e que não há previsão do retorno do fornecimento normal para os municípios. De acordo com a empresa oito mergulhadores irão verificar o dano no cabo, no fundo do Rio Negro e 12 grupo geradores estão operando como medida emergencial e mais 15 grupos geradores foram colocados em operação.

Um vídeo, publicado pelo site Portal Único, mostra o secretário tentando conversar com alguns manifestantes, quando passa a ser agredido e é obrigado a se afastar.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 + catorze =