Conecte-se conosco

Amazonas

“A CPI do Senado dá um xeque-mate moral na Assembleia”, afirma parlamentar

A declaração do parlamentar de oposição ao Governo do Amazonas reflete no desinteresse dos deputados em assinar o requerimento de instauração da CPI da Pandemia da ALE-AM

No plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) ressaltou, nesta quarta-feira (14/04), que o Senado Federal dá um “xeque-mate moral” na Casa Legislativa após a instauração da CPI da Covid que pretende investigar o Governo Federal e os repasses financeiros aos estados. O Amazonas está como “pivô” do início das investigações.

A declaração do parlamentar de oposição ao governo do Amazonas reflete no desinteresse dos deputados em assinar o requerimento de instauração da CPI da Pandemia da ALE-AM, que pretende investigar os gastos com os recursos estadual e federal do governo Wilson Lima na pandemia.

“A CPI da Pandemia no Senado, na minha opinião, ajuda o Amazonas em todos os sentidos. É um xeque-mate moral na Assembleia, pois insiste em não assinar a abertura da CPI aqui na Aleam. O Senado vai investigar os gastos com o repasse federal e a Assembleia não fará sua parte com o recurso estadual? Esta Casa não pode caminhar para o constrangimento público”, afirmou.

Wilker também declarou que está preparando os documentos comprobatórios com os atos suspeitos do governo Wilson Lima a ser encaminhado para o Senado, e acredita que o relatório final da CPI da Saúde poderá “nortear” as investigações por parte dos senadores.

“Nós trabalhamos muito na CPI da Saúde e o máximo que “entramos na pandemia” foi para impedir os pagamentos com o hospital de campanha da Nilton Lins, na ordem de R$ 20 milhões, gastos com respiradores e mais seis milhões de gastos com o Anjos da Saúde. Arredondando, foram R$ 30 milhões com recursos estaduais. Se nós levarmos o relatório da CPI da Saúde para o Senado ele será um norteador, mas 90% do que apuramos são recursos estaduais”, lembrou.

Cobrar os desdobramentos

O parlamentar ainda convidou os demais membros que participaram da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde no Amazonas para um encontro com o procurador do Ministério Público do Estado (MP-AM). A reunião tem o objetivo de obter as providências do órgão sobre os desvios de recursos públicos durante a pandemia da Covid-19 no Estado.

“Temos que cobrar o Ministério Público sobre o resultado da CPI da Saúde. Ficou comprovado os desvios de recursos públicos. Já solicitei uma audiência com o procurador do MP e vamos cobrar providências acerca do que apurou a CPI desta casa”, avisou.

Apoio do Senado

Na última terça-feira (13), Wilker anunciou na Aleam que está conversando com o gabinete do Senador cearense Eduardo Girão (Pode/CE) para ser um apoiador das investigações do Amazonas na CPI da Pandemia. Do mesmo partido do deputado amazonense, o parlamentar é um dos autores da CPI que pede aos senadores o direcionamento das investigações para os estados e municípios.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *