Conecte-se conosco

18 Horas

Pacientes com AVC podem morrer ou ter sequelas nas unidades de saúde do AM, diz Simeam

A presidente em exercício do Sindicato dos Médicos do Estado do Amazonas (Simeam), Patrícia Sicchar, disse que os pacientes que tiveram Acidente Vascular Cerebral (AVC) e dependem da rede pública estadual do Amazonas vão ter sequelas e até morrer.

A afirmação foi feita pela presidente do Simeam, na noite desta quarta-feira (14), durante entrevista ao Programa 18 HORAS, da Rádio Mix 100,7 FM.

De acordo com ela o Sindicato está fazendo uma inspeção nos hospitais para apresentar ao Ministério da Saúde. Essa é a segunda inspeção, a primeira foi no Pronto Socorro 28 de Agosto e a última no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio.

“Só ontem contamos 46 pacientes em maca no corredor (…) o maior problema é o desabastecimento geral da saúde. O João Lúcio recebeu apenas 20% dos insumos. Falta medicamentos dos pacientes de AVC. Ela (a pessoa) vai morrer ou ficar sequelada”, disse.

A sindicalista acredita estar havendo desvio de recursos na rede pública de Saúde do Amazonas. Ela ressaltou que o pronto Socorro Delphina Aziz recebe mais recursos do que os Hospitais João Lúcio e 28 de Agosto, que, de acordo com ela, atendem mais pacientes que o Delphina.

Saiba mais assistindo ao programa ‘18horas’, no link:

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80